fbpx

Decoração

O QUARTO IDEAL PARA O BEBÊ

Por  | 

Decorar o quarto de bebê não é tarefa fácil, principalmente se os papais forem de primeira viagem. Esse momento é sempre de muita expectativa e preparo do casal, o que pode deixar ambos muito tensos e um pouco perdidos sobre por onde começar.

As opções em decoração são muitas, além da grande quantidade de cuidados específicos necessários para o quarto, já que se trata de um ambiente onde ficará uma criança muito pequena.

Pensando nisso, preparamos uma série de dicas para tornar o quarto do seu filhote o melhor ambiente possível para um desenvolvimento saudável e recheado de aconchego.

Primeiro, devemos destacar que o bebê necessita de um ambiente tranquilo, especialmente nos primeiros meses. É necessário cuidado para lhe assegurar proteção de ruídos e de aberturas repentinas de portas e janelas, por exemplo. Porém, além da decoração, os futuros pais deveriam se preocupar também com outros aspectos importantes eque muitas vezes são deixados de lado, como a temperatura do quarto, sua luminosidade, a melhor disposição dos móveis, enfim, a importância da harmonização do ambiente como um todo, e não apenas a parte estética.

Vamos começar pela iluminação,algo bastante relevante principalmente nos primeiros meses. Os especialistas recomendam uma luz geral,que dê para enxergar tudo claramente. Uma dica é optar pela dimerizada, mais versátil e que pode ser usada mais fraquinha na hora da amamentação e da soneca do pequeno. Ela pode ser indireta, seja lustre, plafon ou sanca. Spots apenasse direcionados para longe dos olhos do bebê, para um armário, por exemplo.Outra dica excelente é: busque lâmpadas de LED para não consumir energia durante a noite e principalmente porque não esquentam.

Outro ponto interessante é a melhor disposição dos móveis no espaço, para que não prejudiquem a mobilidade de quem entra no quarto, mas também do próprio bebê quando começar a querer dar os primeiros passos. Fique atento, já que não se deve posicionar o berço ou a cômoda abaixo de janelas,mesmo com tela de proteção, por conta da entrada de ar. Não use tapetes ou carpetes muito felpudos, pois acumulam a poeira e são difíceis de limpar,coisas nada boas para um quarto de bebê.

Pensando na circulação, a dica é colocar os móveis na parede e liberar o centro do quarto. A dica aqui é começar pensando sempre pelo berço e pela cômoda que são os itens mais indispensáveis. Depois, a poltrona para amamentar junto com os outros armários, se necessários. Dependendo da dimensão do quarto, às vezes uma solução em um primeiro momento é não ter armário (apenas a cômoda e alternativos berços com gavetões embaixo dão conta!)e depois entrar com o armário, quando a poltrona não for mais necessária.

Uma outra dica legal, essa pensando um pouco mais no lado lúdico, é ao invés de colocar as coisas no alto, itens de decoração ou de uso diário devem estar ao alcance do dono do quarto, afinal é ele quem vai usufruir de tudo, certo? Livros e brinquedos devem ficar em prateleiras numa altura que facilite o acesso ou até mesmo em cestos no chão. Quadros e adesivos de parede na altura do olhar da criança. Outra ideia é criar um espaço dedicado a trocas de roupa, com cabideiro ou gavetas baixas (fáceis de abrir), com tudo o que acriança pode mexer e tentar se vestir.

Além disso, fique ligado no excesso de informação na decoração, um erro frequente e capaz de atrapalhar o bem-estar do bebê. Eles precisam de espaço, e o excesso de coisas afeta a circulação do ar e até a higienização do quarto. Outro grande erro é encher o berço de almofadas e bichinhos de pelúcia, isto aumenta muito as chances de sufocamento.

Dentro disso entram também as cores do quarto, para elas,não existe muita limitação, mas a dica é que é importante usar os tons marcantes de forma pontual, para evitar que os bebês fiquem agitados. Aposte em detalhes coloridos, como um móvel, um tapete, um painel ou até mesmo um quadro,que pode dar uma super colorida no ambiente!

Quanto a temperatura, não há nada muito complexo. Basta deixar o quarto arejado, permitindo a passagem de luz para evitar que mofos e ácaros se acumulem. No entanto, em dias mais quentes, não deixe tanta luz entrar, já que pode acabar esquentando demais o quarto e deixando o bebê desconfortável. Para essa etapa nossa dica é escolher cortinas claras, que barram a absorção do calor. A temperatura é muito importante principalmente para o sono do bebê, então não deixe de dar atenção a isso na hora de decidir inclusive, em qual dos cômodos será o quarto.

Falando em sono, a parte acústica também é de extrema importância e para garantir as longas horas de sono necessárias para um desenvolvimento saudável de qualquer criança, invista em janelas antirruído e vidros que ajudam no isolamento acústico.

Sabemos que esse momento é sempre muito especial para quem está vivendo e esperamos que essas dicas ajudem a tirar as dúvidas mais frequentes que possam surgir nesta fase de montagem do quarto.

Para encontrar os produtos citados nessa matéria entre em nosso site ou visite a Amoedo  mais perto de você.

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *